Adsense

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Será que acabou a era Barcelona?

De tempos em tempos surgem os times da moda, que ganham praticamente tudo o que disputam. O time da moda, o time a ser batido nos últimos anos é o Barcelona, primeiro com Ronaldinho, Deco e Eto'o comandados pelo holandês Rijkaard. Depois praticamente o mesmo time comandado por Messi, Xavi e Iniesta nas mãos de Ped Guardiola. Agora o virtual campeão espanhol sobre o Comando de Tito Vilanova foi eliminado da Copa do Rei da Espanha pelo Real Madrid no Camp Nou sendo derrotado por 3x1( gols de Cristiano Ronaldo e Varane para o Real) marcando seu gol somente no final da partida com Jordi Alba. Na semana anterior já havia perdido por 2x0 pela Liga dos Campeões para o Milan em Milão e agora precisa vencer por 3 gols de diferença em casa. Na minha opinião é visível a mudança no estilo de jogo do time após a saída de Guardiola, mas também há um desgaste de ser um time há vários anos brigando pelo topo e a evolução dos adversários que estudaram e estudam o time catalão seja para copiar parte do estilo ou para anulá-lo. Esse time do Barça ainda tem muita lenha pra queimar, mas acredito que a partir de agora vão ter que lutar ainda mais pelas conquistas.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Pela Libertadores Palmeiras vence na estréia. Grêmio perde em casa.


O Palmeiras retornou a Libertadores enfrentando o Sporting Cristal. O jogo começou com o Palmeiras tentando tomar a inciativa das ações. Patrick Vieira e Souza foram os que levaram mais perigo inicialmente. Mas o gol palmeirense saiu em cabeçada de Henrique depois de cobrança de escanteio. Depois disso em nova jogada de Souza, Patrick Vieira chutou para defesa do goleiro. O Palmeiras conseguiu criar mais algumas chances mas não conseguiu ampliar. o Sporting Cristal nada conseguia. No segundo tempo depois de bobeada da zaga, acabou cometendo pênalti que foi convertido pelo time peruano. Os melhores lances do Palmeiras continuavam a sair dos pés de Souza principalmente finalizando de fora da área. 
O segundo gol palmeirense saiu após lançamento de Marcelo Oliveira para proteção de Caio e finalização de Patrick Vieira. Palmeiras 2x1. Após o segundo gol o Palmeiras ficou mais tranquilo e as jogadas começaram a sair e algumas chances foram criadas. O Palmeiras ainda levou um susto aos 43 minutos quando um atacante peruano encobriu Fernando Prass, sorte que a bola foi fora. Mas a vitória saiu.



Barcos - fonte:esporter7.com
Já o Grêmio em sua nova arena foi derrotado pelo Huachipato por 2x1. O Grêmio estreou muitos jogadores ao mesmo tempo e acabou sentindo a falta de entrosamento. O time chileno bem melhor postado em campo chegou a abri 2x0 com um gol em cada tempo. O Grêmio diminui com Hernan Barcos de pênalti. O Grêmio ainda teve pelo menos duas grandes chances para empatar. A primeira foi desperdiçada por Welliton em grande jogada do excelente Zé Roberto e depois em cabeçada de Barcos para grande defesa do goleiro. O Grêmio pega agora o Fluminense no Rio de Janeiro na próxima rodada pressionado pela derrota em casa.

Deu Galo de Ronaldinho no primeiro clássico da Libertadores



 
 
O jogo no Independência começou a 1000 por hora, principalmente o Atlético Mineiro com Bernard e Tardelli jogando pelos lados e Jô e Ronaldinho chegando pelo meio. O gol atleticano saiu numa bobeira da defesa do São Paulo que deixou Ronaldinho livre dentro da área para receber cobrança de lateral feita por Marcos Rocha, R10 jogou para dentro da área e Jô embolado com Lúcio jogou a bola pra rede. O São Paulo sentiu o baque. Jadson marcado de perto não conseguia criar. Luis Fabiano parecia muito lento, disperso do jogo. Nada funcionou no São Paulo no primeiro tempo, que sofreu muito com a velocidade do menino Bernard que caia por ambos os lados do campo.

No segundo tempo o Atlético resolveu esperar o contra-ataque e acabou dando mais espaços ao São Paulo. Aloísio entrou no lugar de Paulo Miranda e melhorou a movimentação na frente. Luis Fabiano teve grande chance de empatar mas Vitor fez bela defesa. Ganso entrou no lugar de Jadson que estava apagado na partida. Mas Ronaldinho fez bela jogada pela direita e cruzou na medida para Réver marcar o segundo gol do Galo.

Aloísio depois de passe de Luis Fabiano fez para o São Paulo aos 38 e pôs mais emoção no jogo. Ja nos acréscimos Marcos Rocha tentou um toque de peito e jogou a bola nos pés de Ganso que arrematou de primeira mas a bola foi para fora bem próxima da trave.

Ney Franco na minha opinião errou na escalação ao colocar Douglas como atacante e pela esperança que o Galo cansasse no segundo tempo. O São Paulo foi apático na maior parte da partida. Os laterais do tricolor paulista ficaram presos devido a presença de Tardelli(depois Luan) e Bernard. 

 Já Cuca acertou ao escalar Tardelli, que na minha opinião não é tudo isso que a torcida do Galo pensa, mas é um jogador rápido e habilidoso que merece respeito. Tardelli ajudou a travar os laterais do São Paulo e particou de algumas boas jogadas. Ronaldinho mesmo não jogando tanto durante a partida faz a diferença durante seus lampejos. Duas jogadas dele e dois gols do Atlético.

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Perdido



Ele estava em um local estranho.
Onde eu estou? Como cheguei aqui?
Olhou em volta sem reconhecer nada.
Estava em uma espécie de corredor com paredes de tijolos cheios de lodo.
Levantou-se e gritou:
 — Tem alguém ai? – só ouviu o som de sua própria voz.
Começou a andar e parou de repente.
Qual seguir? Ele estava em frente a uma bifurcação.
Havia uma curva a direita e um caminho que seguia em frente. Escolheu continuar em linha reta, andou sempre atento a ruídos que pudessem lhe indicar como sair daquele lugar. Andou por volta de quinze minutos e parou.
Só pode ser brincadeira!
Estava novamente em frente à bifurcação.
Parou para pensar um pouco antes de seguir o caminho à direita quando ouviu um barulho, procurou de onde vinha, mas não conseguia encontrar, até que...
Ele acordou confuso em seu quarto com o celular tocando.
Pegou o aparelho e atendeu:
— Alô!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Brasil perde para Inglaterra na estréia de Felipão

O jogo foi bem movimentado, bem jogado principalmente pelos ingleses, que diferente de outros tempos jogam com a bola no chão com precisão de passes e muita velocidade. O Brasil teve sua grande chance no primeiro tempo com Ronaldinho de penalti, mas o goleiro inglês Hart defendeu. Júlio César jogava bem lá atrás, Oscar buscava jogo mas Ronaldinho, Neymar e Luis Fabiano não pareciam estar no mesmo pique. O ingleses abriram o placar com Rooney após bela jogada de Wilshire e Walcott que culminou em defesa de Júlio César e gol do Shrek no rebote. O Brasil buscou o empate no segundo tempo com Fred que entrou no lugar de Luis Fabiano. Lucas e Arouca também entraram. O jogo continuava disputado porém Neymar não brilhava. Arouca em uma bobeada deu o gol da vitória aos ingleses. Lampard de fora da área fez belo gol chutando colocado. O Brasil tentou mas as melhores chances continuaram com a Inglaterra principalmente com Walcott tirando Adriano para dançar pelo lado direito do ataque inglês. Melhores do Brasil, Júlio César e Oscar. Melhor do jogo o jovem Wilshire numero 8 da seleção inglesa que com sua perna esquerda coordenava a armação de jogadas do time inglês junto de Gerrard. Felipão terá trabalho para arrumar essa seleção. Ronaldinho nunca demonstra a vontade em campo que sempre cita, Kaká em dois ou três jogos mesmo sem atuar pelo Real Madrid mostrou muito mais apesar de ter jogado contra adversários mais fracos.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Santos de Neymar vence clássico contra São Paulo de Ganso

Foi um belo jogo na Vila Belmiro. O São Paulo tinha a posse de bola, Ganso e Jadson jogavam bem mas o Santos tem Neymar, que com uma matada de bola e um leve desvio colocou Miralles em condição de abrir o placar no primeiro tempo para o time da Vila. O São Paulo chegou a alcançar o empate mas o gol foi mal anulado devido a um impedimento inexistente. No segundo tempo após bela arrancada de Neymar que fez com que Paulo Miranda e Lúcio saíssem em perseguição ao camisa 11 terminou em pênalti no craque santista que eu não marcaria pois na minha visão Neymar não foi tocado. Impressões a parte 2x0 Santos em cobrança do camisa 11. O São Paulo até jogava melhor mas perdeu sua principal característica com a entrada de Ganso que é a intensidade e velocidade de jogo. Com o camisa 8 o jogo fica mais cadenciado. Jadson em belo gol de falta diminuiu o placar. Cañete e Douglas que entraram na partida deram maior movimentação ao ataque sendo que o primeiro fez boas jogadas logo de cara dando trabalho ao goleiro Rafael do Santos. Ganso que foi vaiado durante todo o jogo foi substituido por Aloísio. E em mais uma jogada de Neymar, Miralles fez seu segundo gol e terceiro do Santos no jogo. Montillo ainda mandou uma bola na trave mas o jogo terminou mesmo no 3x1.
 
Quanto ao Santos, Muricy até que enfim pôs André no banco, ele é muito parado e Miralles ou algum outro atacante de mais movimentação deve ter a preferência. Montillo ainda não está totalmente entrosado mas tem qualidade e tem dado belos passes aos companheiros. O meio-campo tem funcionado bem e temos que ver quem sai para a entrada de Marcos Assunção. O Santos é líder do Campeonato Paulista e busca o tetra.
 
Já o São Paulo de Ney Franco como já disse perde em intensidade quando tem Ganso e Jadson juntos. No esquema com três atacantes e Jadson na armação o time fica muito mais solto e perigoso com a chegada dos dois "pontas" Osvaldo e Aloísio centrando na procura de Luis Fabiano. Para jogar de forma diferente o time terá que treinar muito e exigir muito mais movimentação de seu camisa 8.