Adsense

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Flamengo se comporta bem e empata com o Atlético-PR na final da Copa do Brasil



O Flamengo começou com as ações nos primeiros cinco minutos de partida fazendo pressão na saída de bola. Jogo ficou meio amarrado depois. Flamengo marcando bem e o Atlético tentando tomar as ações do jogo. O Atlético saiu na frente com Marcelo soltando uma bomba de fora da área que deixou o goleiro Felipe( que não joga a vinte dias) sem reação para fazer a defesa. O Atlético tomou conta do jogo. André Santos teve que sair para a entrada de João Paulo e na sequência Amaral soltou um petardo de fora da área e empatou a partida. Carlos Eduardo sumido pra variar. Chicão saiu machucado também no primeiro tempo. Só sobrou uma mexida para o Jaime. 

No segundo tempo o Atlético Paranaense tentou impor uma pressão e abriu muitos espaços para o Flamengo que não soube organizar os contra-ataques, devido as mexidas por contusão e a pouca efetividade de Carlos Eduardo o Flamengo não conseguiu chegar a vitória. O time foi bem em Curitiba e agora vai jogar pelo título com o Maracanã lotado. Que venha o tri, mas não acredito que será fácil. 

#VaipracimadelesMengo.

Hulk e Robinho marcaram e o Brasil venceu o Chile por 2x1.

O Brasil começou bem o jogo contra o Chile como tem feito em todas as partidas recentes, marcando pressão, roubando bolas e criando chances logo no início da partida. Primeiro Oscar teve uma bela chance para bater de primeira, mas tentou passe para Jô. Logo em seguida o meia do Chelsea acertou o passe e deixou Hulk livre para fazer 1x0. Jorge Sampaoli fez duas alterações na equipe chilena alterando o esquema de jogo do time, que começou com a presença do Mago Valdívia crescer para cima da Seleção brasileira mas sem levar perigou ao gol de Júlio César. Tiveram mais a bola mas finalizaram pouco. 

No segundo tempo o Brasil voltou novamente com mais intensidade. Robinho logo no começo do segundo tempo entrou no lugar de Jô e de cara teve uma boa chance defendida pelo goleiro chileno. Na sequência Hulk mandou um balaço na trave em rebote de escanteio. A seleção brasileira piorou muito no segundo tempo e o Chile chegou ao empate com Vargas batendo colocado no cantinho de Júlio César. As alterações de Felipão não surtiram efeito. O Brasil chegou a marcar um segundo gol mas foi anulado por impedimento. Neymar na sequência deu dois chapéus no goleiro mas não conseguiu fazer o gol. Goleirão do Chile deixou a bola passar em cruzamento de Maicon e Robinho marcou seu nono gol contra os Chilenos. Se pegarmos o Chile na Copa tem que levar ele pra esse jogo. Num lindo contra-ataque puxado por Robinho, Willian e Neymar quase acabou no terceiro gol brasileiro. Robinho e Chile é uma combinação perfeita. Nunca vi ele jogar mal contra os caras. Brasil venceu o último amistoso do ano. Felipão terminou o ano bem, agora tem que ir até a Copa do Mundo e vencê-la. 

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Mengão e Furação na final da Copa do Brasil




Flamengo e Atlético Paranaense farão a final da Copa do Brasil 2013 sendo a primeira partida em Curitiba e o jogo de volta no Maracanã. 

O Atlético Paranaense chegou a final após vencer o Grêmio em casa por 1x0 e empatar a segunda partida na Arena Grêmio por 0x0. O Atlético que está brigando no G4 do Campeonato Brasileiro busca o primeiro título da Copa do Brasil.

O Flamengo chegou a final da Copa do Brasil após vencer o Goiás por duas vezes pelo mesmo placar, 2x1. O Mengão venceu de virada a partida com gol de Hernane e um golaço de Elias. O time tenta agora salvar o ano que não foi dos melhores com vários treinadores demitidos incluindo aí o abandono de Mano Menezes que não deu conta do recado assim como na seleção. Jaime de Almeida vai tentar entrar para o Hall dos ex-jogadores que como treinadores conseguiram conquistar um título pelo clube. O último a conseguir isso foi Andrade no Campeonato Brasileiro de 2009. Hernane, o brocador é o artilheiro da competição. 

Falando do jogo, o Flamengo jogou bem e podia ter goleado caso tivesse caprichado mais nas finalizações. Paulinho e Diego Silva perderam gols em passes de Hernane. Houve um gol mal anulado do Brocador que poderia ter facilitado as coisas para o time. O Goiás sem Walter e Hugo é um time guerreiro mas comum, vendem a derrota caro mas não foram páreo nessa semifinal. 

O negócio agora é caprichar no jogo de Curitiba, que antigamente era um trauma para o clube e, trazer a decisão para o Maracanã, e jogar embalado pela torcida em busca do título. O Atlético tem um time melhor, mas o Flamengo vem no embalo. 

#VaipracimadelesMengo