Adsense

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

O Futebol em 2014



2014 está acabando. Tivemos Taça Libertadores, os Estaduais, Champions League, Copa do Mundo no Brasil e ainda Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Grandes jogadores se aposentando como o meio-campista brasileiro Alex e o Francês carrasco do Brasil em 2006, Henry.

No primeiro semestre, os estaduais sem graça e a Taça Libertadores que teve os brasileiros mal nessa edição que terminou com vitória do Rosário Central da Argentina. O time do Papa. 

Foram muitos bons jogos, principalmente na Champions League e na Copa do Mundo e que jogos. Real Madrid vencendo o Bayern de Munique na Alemanha por 4 gols de diferença e depois fazendo um final incrível contra o Atlético de Madrid na final onde perdia o jogo até os acréscimos quando conseguiu o empate e depois goleou por sobrar na parte física na prorrogação por 4x1, conquistando a tão sonhada 'La Décima'. 

E a Copa do Mundo? Que Copa foi essa meu Deus? Com certeza a de melhor nível técnico das que eu assisti até hoje (me lembro de praticamente tudo de 94 pra cá), porém a Seleção Brasileira apesar de chegar a semifinal aos trancos e barrancos, capitão descontrolado e futebol fraco como todos já sabem, levou 7 gols da Alemanhã em pleno Mineirão lotado. Mas não foi só o Brasil que fez feio. A Espanha que defendia o título levou 5x1 da Holanda logo na estréia e não passou da primeira fase. Itália e Inglaterra também tiveram o mesmo destino. Tivemos um Messi menos genial mas ainda preciso e decidindo pela Argentina. Robben voando pela Holanda. James Rodrigues pela Colômbia. Todo o time da Alemanhã voando até conquistar o título contra a Argentina no Maracanã. 

O Campeonato Brasileiro viu novamente o Cruzeiro assumir a ponta na sétima rodada para não mais largar e conquistar o bicampeonato Brasileiro 13/14 e se tornando tetracampeão na soma de todos os títulos. Novamente a regularidade do time montado por Marcelo Oliveira levou o campeonato. O São Paulo com a volta de Kaká foi o vice-campeão. Internacional e Corinthians fecharam o G4 e se classificaram para a Libertadores. Botafogo, Bahia, Vitória e Criciúma foram os rebaixados. 

Na Copa do Brasil, jogos de matar do coração Corintianos, Flamenguistas e Atleticanos que assistiram jogos de arrepiar. Após perder os jogos de ida por 2x0 contra Corinthians e Flamengo, o Atlético Mineiro em casa após iniciar perdendo por 1x0 conseguiu virar as duas partidas e buscar os 4x1 que precisava para passar as finais. Do outro lado novamente o Cruzeiro que eliminou o Santos na Semifinal após estar perdendo o jogo por 3x1 na Vila Belmiro e buscar o empate ao fim da partida. Na final dois grande embates que acabaram em vitórias do Galo que também vai a Taça Libertadores 2015. Tivemos grandes jogos sim, mas infelizmente muitos jogos de baixo nível técnico. É preciso após o baque da Copa do Mundo repensar um pouco o futebol brasileiro para que possamos novamente figurar entre os campeões jogando um futebol agradável de se ver.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Atlético Mineiro vence de novo o Cruzeiro e leva a Copa do Brasil




O Cruzeiro jogando com a maioria da torcida no Mineirão precisava vencer o Atlético Mineiro por 3 gols de diferença para levar também o título da Copa do Brasil já que o título do Campeonato Brasileiro foi conquistado no final de semana contra o Goiás. O Atlético poderia perder por um gol de diferença que ainda conquistaria o título. Mas o que se viu na partida foi o Atlético tendo novamente as melhores chances de gol até que aos 47 minutos do primeiro tempo Diego Tardelli fez o gol do título. Único gol do atacante na competição e justamente o do título. 

Incrível o trabalho de Levir frente ao Atlético Mineiro, com algumas alterações do time Campeão da Libertadores com Cuca que tinha Ronaldinho, Jô em boa fase e Réver. A reconstrução e mudança na forma de jogo são notáveis mas o espírito da Libertadores do ano passado foi mantido, basta ver as viradas históricas contra Corinthians e Flamengo onde após ter 3x0 contra no agregado conseguiu fazer 4 gols e virar os dois jogos. O Eu Acredito ainda funciona com o Galo. 

Parabéns ao Atlético Mineiro que em dois anos conseguiu dois títulos que nunca havia conquistado e principalmente pela Copa do Brasil vencida em cima do maior rival atual Bicampeão Brasileiro. 

O Futebol mineiro apesar do pouco peso na imprensa nacional domina o Brasil desde o ano passado e mantendo as filosofias podem novamente fazer bonito em 2015.

domingo, 23 de novembro de 2014

Cruzeiro é o Campeão Brasileiro de 2014

Por Júlio César Pereira

O Cruzeiro fez de novo e em sua quinta vitória seguida conquistou mais um Campeonato Brasileiro ao vencer o Goiás na 36ª rodada do campeonato. Com gols de cabeça de Ricardo Goulart e Everton Ribeiro o time azul celeste bateu o esmeraldino por 2x1 num Mineirão encharcado e conquistou seu quarto título brasileiro. O São Paulo único que podia tentar evitar o título cruzeirense venceu o Santos por 1x0 mas fica impossibilitado de alcançar o Cruzeiro 7 pontos a frente (sobrando 6 pontos a disputar). 

O Cruzeiro é líder do campeonato desde a 6ª rodada e confirma mais uma vez o grande trabalho de Marcelo Oliveira a frente de um excelente elenco do Cruzeiro. Elenco esse que coloco como o grande responsável pela repetição do título também conquistado em 2013 com praticamente o mesmo elenco. O Clube como todos os outros sofreu com as contusões, excesso de jogos e suspensões mas conseguiu na maioria do campeonato manter um ritmo que nenhuma outra equipe conseguiu acompanhar. Não podemos dizer que a equipe tem um craque, tem sim o bom goleiro Fábio e os meias Ricardo Goulart e Everton Ribeiro. Do restante do elenco bons jogadores em todas as posições para suprir a ausência de algum titular. 

Com a conquista do título com antecedência o Cruzeiro agora tende a ir mais tranquilo para enfrentar o arqui-rival Atlético Mineiro no Mineirão pela partida final da Copa do Brasil onde precisa reverter um placar de 2x0. Tudo pode acontecer, mas acredito que vai dar Cruzeiro.Veremos. 

Parabéns ao Campeão.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Final Mineira na Copa do Brasil




 X

Na primeira rodada das semifinais Flamengo e Cruzeiro saíram vencedores de seus jogos em casa. O Rubro Negro por 2x0 contra o Atlético Mineiro e líder do Brasileirão por 1x0 sobre o Santos. Os jogos de volta foram emocionantes com as duas equipes derrotadas no primeiro jogo buscando o placar desde o início do jogo.

O Santos fez 1x0 em menos de dois minutos com Robinho mas levou o empate do Cruzeiro com dez minutos de jogo, gol de Marcelo Moreno. O Santos buscava o tempo todo o ataque enquanto o Cruzeiro tentava controlar o jogo com bom toque de bola até que no último lance do primeiro tempo, pênalti para o Santos. Gabriel foi pra cobrança e converteu colocando o Peixe em vantagem na ida para o intervalo. 

No Mineirão o Galo amassava o Flamengo como podia em busca de gols que não saíram graças a Paulo Victor e a trave que balançou após grande jogada de Diego Tardelli. O Flamengo saiu na frente com Everton mas o Atlético conseguiu o empate ainda no primeiro tempo com Carlos. 

Aos treze minutos do segundo tempo após Everton Ribeiro perder bola no ataque o Santos conseguiu o terceiro gol que lhe dava a classificação com Rildo. Agora o Cruzeiro teria que buscar o jogo e deixar espaços para o Santos contra-atacar. O Santos ia se virando bem até que em vacilo da defesa Willian saiu cara a cara com Aranha e só deslocou o goleiro para marcar o 3x2. O Santos precisava de mais um gol e foi todo para cima e no último lance da partida em contra-ataque Willian marcou novamente após passe de Goulart e sacramentou a classificação cruzeirense. 

No Mineirão, que este ano tem sido palco de partidas inesquecíveis viu novamente o Atlético aprontar das suas. O time partiu para cima do Flamengo de forma avassaladora e foi fazendo seus gols. O da virada saiu depois de um calcanhar errado de Eduardo da Silva que terminou em contra-ataque e gol de Maicossuel. A massa atleticana se inflamou e entoou o mantra "eu acredito" fazendo o Mineirão vibrar. Dátolo em bela troca de passe fez o terceiro gol atleticano e depois o baixinho e raçudo Luan fez o quarto gol do Galo. Pela segunda vez seguida o Atlético vira um placar adverso e goleia o adversário em busca do placar que necessita. Victor ainda fez grande defesa em ataque do Flamengo e determinou a classificação atleticana. 

Atlético e Cruzeiro dominam o futebol brasileiro desde o ano passado quando foram Campeão da Libertadores e Brasileiro respectivamente. O Cruzeiro lidera o atual campeonato Brasileiro e o Atlético também está na briga pelo G4. Agora ambos farão duas novas "batalhas épicas" em busca do título da Copa do Brasil. Parabéns aos finalistas. 




quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Flamengo e Cruzeiro saem na frente na Copa do Brasil



O atual campeão Brasileiro e líder da competição em busca do bicampeonato venceu o Santos por 1x0 no Mineirão. A vitória poderia ter sido maior não fosse o erro do arbitro auxiliar que marcou impedimento inexistente de Julio Baptista que resultaria em gol no rebote de Ricardo Goulart. No segundo tempo o Santos melhorou no jogo e teve algumas boas oportunidades de empate que foram desperdiçadas. No segundo jogo em São Paulo o Santos precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar. 

No Maracanã o Flamengo venceu o Atlético Mineiro por 2x0 com gols de Cáceres e Chicão. O primeiro gol foi marcado após cobrança de falta de João Paulo no travessão, no rebote Gabriel cruzou para o paraguaio marcar de cabeça. O segundo gol saiu em jogada maravilhosa de Gabriel que em bela arrancada do meio campo foi entortando zagueiros até que foi derrubado dentro da área. Chicão converteu a cobrança. Após o segundo gol, o Atlético pressionou em busca de um gol fora de casa mas Paulo Victor salvou o Flamengo em duas oportunidades. No jogo de volta o Flamengo terá que segurar o Atlético que ultimamente tem conseguido viradas históricas em Minas Gerais.




quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Que jogo no Mineirão: Atlético 4x1 Corinthians

Por Júlio César Pereira

Poucos minutos antes do jogo Diego Tardelli que foi titular das partidas da Seleção Brasileira foi confirmado como titular do Atlético Mineiro contra o Corinthians. Elias e Gil que também estavam na Seleção ficaram no banco de reservas. 

O Corinthians começou melhor e conseguir abrir o placar com Guerreiro aos 5 minutos de partida, calando o Mineirão. Para muitos o jogo havia acabado ali. Mas o Atlético tinha Guilherme em noite inspirada e a presença de Tardelli que organizava o ataque atleticano. Em Cruzamento de Guilherme, Luan deu um leve desvio e empatou o jogo. Guilherme em chute de fora da área desempatou a partida levando o Galo para o vestiário precisando fazer dois gols na segunda etapa sem levar nenhum. 

Já no segundo tempo, Maicossuel foi o primeiro a perder uma chance para o Galo. Depois Carlos acertou a trave de Cássio. A pressão do Atlético resultou em mais um gol de Guilherme. Faltava só um para a classificação. O Gol veio em um escanteio aos 41 minutos em cabeçada de Edcarlos. O quinto gol quase saiu quando Cássio foi para área tentar um gol no escanteio, Fagner quase em cima da linha salvou de cabeça. 

Novamente o Galo se supera em seus domínios assim como na Libertadores de 2013. O Corinthians novamente pecou com Mano Menezes, que deixa o time muito defensivo, tentando segurar o resultado. Mais um castigo para o treinador que provavelmente não durará até a próxima temporada. 

Grande jogo no Mineirão. O futebol é um esporte fantástico com certeza. 

O Atlético enfrenta o Flamengo na semifinal da Copa do Brasil. O Flamengo venceu o América de Natal novamente por 1x0 com gol de Gabriel.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Cruzeiro continua favorito ao título do Campeonato Brasileiro



O São Paulo vem fazendo boa campanha no Campeonato Brasileiro principalmente após o chegada do Kaká. Vinha de uma sequência de nove jogos sem derrota, tendo vencido as últimas três partidas incluindo aí o líder e favorito Cruzeiro por 2x0 no Morumbi na última rodada. A diferença que poderia ter chegado a dez pontos em caso de vitória celeste acabou diminuindo para quatro pontos, dando mais emoção ao campeonato. 

Porém na rodada seguinte o Cruzeiro fez novamente o dever de casa vencendo o Atlético-PR por 2 x 0 mesmo sem contar com Ricardo Goulart suspenso. O São Paulo foi a Curitiba enfrentar o Coritiba e se deu mal. Perdeu por 3 x 1 para o Coxa sem mostrar o futebol envolvente das últimas rodadas mesmo contando com três dos jogadores do quadrado mágico. Ganso, Pato e Kardec jogaram, Kaká suspenso fez falta ao time. 

O Cruzeiro apresenta até o momento um melhor conjunto e jogadores em boa fase que o permitem mesmo sem alguns titulares continuar vencendo partidas, porém o calendário do futebol brasileiro pode atrapalhar a equipe celeste devido as convocações de jogadores para a Seleção Brasileira e também algumas sul-americanas como a boliviana (Marcelo Moreno) e paraguaia (Samudio). Devido a organização de nosso calendário o Cruzeiro terá que enfrentar Corinthians e Flamengo sem Everton Ribeiro e Ricardo Goulart convocados por Dunga. O São Paulo não teve nenhum convocado, mas pode ter posteriormente. É a CBF atrapalhando seu próprio calendário. 

O Cruzeiro apesar de tudo isso na minha visão continua favorito ao campeonato enquanto o oscilante São Paulo vai ficar na cola tentando levar o caneco em caso de tropeço da raposa. A caça continua. 

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Agatha Christie - Assassinato no Expresso do Oriente

"Viajando no luxuoso Expresso do Oriente, Hercule Poirot é abordado por Ratchett, um americano desesperado que teme pela própria vida. Efetivamente o pior acontece, e o sujeito é encontrado morto com 12 facadas em sua cabine. Então, o famoso detetive belga precisa pôr sua massa cinzenta para funcionar a fim de reunir as pistas que o levarão ao assassino. No fim, uma surpresa depois de se debruçar sobre uma complicada trama que envolve mentiras e falsos indícios, Poirot apresenta não uma, mas duas geniais soluções para o crime. " 
Sou muito fã de Agatha Christie e esse foi um dos primeiros livros que li da Rainha do Crime, e acabei de lê-lo pela segunda vez. Para quem curte bons romances policiais com certeza indico esse livro, que apresenta muitas surpresas e mais uma atuação brilhante de Hercule Poirot.  


terça-feira, 29 de julho de 2014

Jogos: RailRoad Tycoon II



Segundo jogo da série Railroad Tycoon. Railroad é um jogo de estratégia em que o jogador administra uma Companhia Ferroviária ao longo do tempo. O jogo possui um modo missões em que o jogador deve cumprir os desafios propostos no jogo passando por vários cenários diferentes e existe também um modo onde você escolhe em que local do planeta você quer montar sua companhia e quantos concorrentes irão jogar com você.

Houve um tempo que eu jogava muito esse jogo, porque eu tinha o poder de decidir quais cidades ligar, que tipo de estação ia construir, que tipos de trilhos e pontes , que trens ia comprar, quantos vagões iria utilizar, você tinha que controlar a venda das ações da companhia para que no futuro caso os acionistas estivessem insatisfeitos não lhe tirassem o comando da mesma. O crescimento das cidades e industrias dependia de que a ferrovia fosse ao encontro das matérias primas necessárias, alimentos e é claro passageiros. É um tipo de jogo que incentiva o jogador a prestar atenção em todos esses detalhes e consequentemente ir criando enquanto se diverte um senso maior de organização financeira e de tomada de decisões.

Railroad Tycoon 2 


Houve ainda um Railroad Tycoon 3 que joguei muito pouco. Este jogo possuía uma plataforma 3D que permitia uma melhor visualização do mapa e do entorno das estações. Nas versões anteriores não havia esse tipo de visualização. E atualmente a franquia mudou de nome e é conhecida com Sid Meier's Railroad Tycoon, jogo que ainda não tive oportunidade jogar, mas vi vídeos muito interessantes dele.


Sid Meier's Railroads!
Sid Meier's Railroads 


segunda-feira, 14 de julho de 2014

Alemanha Tetracampeã Mundial de Futebol



A Alemanha venceu a Argentina por 1x0 no Maracanã ontem e sagrou-se Tetracampeã Mundial se juntando a Itália e ficando apenas a uma estrela da Seleção Brasileira. O gol da partida foi marcado por Mario Gotze no segundo tempo da prorrogação. 

Analisando o jogo as chances mais claras de gol foram da Argentina. A mais clara delas foi num recuo errado de Kroos que deixou Higuain frente a frente com Neuer, o argentino finalizou muito mal jogando a bola pra fora. A seleção alemã tinha a posse de bola mas os contra-ataques argentinos estavam bem armados. Lavezzi fazia boa partida e junto com Messi articulavam as melhores saídas. 

Para o segundo tempo da partida Lavezzi foi substituído por Aguero. A Argentina voltou melhor e tomou as atitudes iniciais, porém após algum tempo os alemães retomaram o controle. Alguns lances mais ríspidos ocorreram no segundo tempo devido novamente a uma má arbitragem. A segunda maior chance do jogo caiu nos pés de Palácio que tentou encobrir Neuer e acabou errando o alvo. A Partida acabou indo para a prorrogação que teve pelo menos 5 minutos eletrizantes com chances para os dois lados. Mas coube a Gotze sepultar o sonho do tri argentino. Gotze entrou no lugar do guerreiro Klose durante a partida. 

Venceu o melhor futebol da Copa dessa vez com um Tiki-taka mais vertical, que procura os gols. A Argentina foi quase perfeita na partida não fosse a má pontaria de seus atacantes e a bola que não caiu no pé de Messi. Di Maria fez muita falta a equipe. 

Sobre a Copa, não há do que reclamar. Para mim a melhor entre as últimas Copas, com ótimos jogos, muitos gols diferente das últimas duas principalmente. Messi sendo eleito o melhor do torneio foi somente mais uma dos patrocinadores, pois Robben, James Rodrigues e Kroos jogaram mais do que o atacante argentino. Neuer levar o de melhor goleiro é aceitável, Navas da Costa Rica também seria uma ótima escolha. Ao Brasil sobrou a chuteira de Bronze para Neymar que marcou 4 gols assim como Messi e Van Persie porém em menos jogos.

sábado, 12 de julho de 2014

Ao Brasil nem o Bronze



O Brasil jogou novamente de forma bisonha e foi derrotado pela Holanda por 3x0 na Arena Mané Garrincha em Brasília.

Apesar da goleada contra a Alemanha o torcedor compareceu e apoiou o time só que com 2 minutos após toque de Van Persie, Robben avançou em direção ao gol e foi derrubado por Thiago Silva fora da área, mas o árbitro deu pênalti que foi convertido por Van Persie. Aos 17 minutos o segundo gol holandês em nova falha de marcação brasileira apesar de um impedimento não marcado.

No segundo tempo o Brasil ficou mais com a bola mas pouco fez trabalhar o goleiro holandês e levou o terceiro gol aos 45 minutos. Mais um vexame da seleção em seu último jogo na Copa 2014. Ao Brasil nem a medalha de Bronze. 

Não podemos ter um zagueiro que ao primeiro sinal de que as coisas não funcionam sai que nem louco tentando armar jogadas deixando não mão os companheiros de setor. David Luiz deixou espaços contra a Alemanha onde não estava na jogada em metade dos gols e novamente contra a Holanda. Falta alguém dentro de campo ou no banco para controlar os ímpetos do defensor.

Novamente jogamos com bolas lançadas ao ataque que desta vez não contou com o imóvel Fred, mas o móvel Jô que roda as posições do ataque mas nada faz.

A marcação do meio-campo e principalmente no lado esquerdo da defesa novamente deixaram a desejar. Mesmo com três volantes a marcação novamente foi frouxa deixando muitos espaços para a investida dos holandeses. Fecharam a Avenida Dani Alves e abriram a avenida Marcelo-Maxwell por onde foram as jogadas dos 3 gols dessa partida.

Faltou ao Brasil futebol desde a primeira partida. O time que tínhamos na Copa das Confederações no ano passado não se repetiu devido a uma série de fatores, como a queda no rendimento de diversos titulares, a pressão da vitória que fez com que o time jogasse para não perder e uma que acho das mais importantes foi a falta de alternativas táticas para enfrentar determinados adversários. 

Que a lição fique para a preparação do ciclo 2018. Que as coisas possam mudar não só dentro de campo, mas também nos bastidores da nossa confederação. 

terça-feira, 8 de julho de 2014

Chocolate alemão no Mineirão.



Já comecei a desconfiar quando pouco depois das 15 horas ví no twitter um repórter da ESPN garantindo que Bernard seria o substituto de Neymar. Começou o jogo e o Brasil apertou a marcação e começou bem o jogo pelo menos durante 5 minutos. Marcelo parecia nervoso e em uma bola perdida surgiu o primeiro contra-ataque alemão. Aos 10 minutos em falha na marcação da defesa Muller marcou seu quinto gol na Copa e o primeiro dos 7 gols alemães na partida.

Dos 22 minutos aos 28 minutos levamos incríveis 4 gols das mais diversas formas. Tabela dentro da área, furada dentro da área, bola perdida na saída do ataque. Só não foi mais porque os alemães foram muito educados com a gente. Não teve um jogador pra cair no campo, pra esfriar a partida, ou peito do técnico para mexer no time após a tomada do segundo gol.

Incrível a imagem do Felipão em choque após o time ter levado esses gols. Primeiro tivemos um capitão que se descontrolou quando a partida foi para os pênaltis e depois o técnico que não toma atitude para consertar o erro que havia cometido.

Errar é humano, persistir é burrice, mas não agir é covardia. E a comissão técnica cometeu todos esses erros nessa partida.

O time não teve meio campo, zagueiros perdidos, parecia pelada, jogo de festa de fim de ano onde ninguém marca ninguém e só sai golaço.

Foi humilhante, para mim até hoje a pior derrota tinha sido contra a França naquela final de 98, mas hoje conseguiu ser pior.

No segundo tempo Felipão fez o que deveria ter feito quando estava 2 ou 3 a 0 colocando mais gente no meio campo para equilibrar a marcação e permitir ao time ter a bola e atacar um pouco. Mas bastou a Alemanha apertar um pouco para fazer o sexto, o sétimo e por pouco o oitavo gol não fosse Júlio César. Oscar marcou o gol de honra, se é que tem honra perder por 7x1.

O sonho do Hexa ficou para a Rússia.

sábado, 5 de julho de 2014

Brasil vai as semifinais, mas Neymar está fora da Copa



O Brasil venceu a Colômbia por 2x1 na Arena Castelão em Fortaleza. Foi um bom jogo do Brasil no primeiro tempo criando jogadas com Marcelo e Hulk pela esquerda e controlando a partida. Durante o segundo o Brasil não conseguiu manter o mesmo ritmo e começou a abrir espaços para a seleção colombiana. Novamente o time recuou muito após sair na frente e começou a sofrer com o toque de bola colombiano. Neymar não estava em boa jornada e Fred manteve o nível das atuações anteriores. 

David Luiz de falta abriu 2x0 para o Brasil numa bela batida. A Colômbia foi para cima organizada pelo talentoso James Rodrigues até conseguir um pênalti que resultou em cartão amarelo para Júlio César. James Rodrigues diminuiu o placar. 

A Seleção no primeiro tempo fez seus melhores 45 minutos nessa copa, num dia que Neymar foi muito mal. O Brasil enfrentará agora a Alemanha em Belo Horizonte sem Neymar que fraturou uma vértebra em entrada violenta nas costas e o capitão Thiago Silva que levou o 3º cartão amarelo de bobeira. 

Resta saber agora o que Felipão irá fazer para substituir Neymar. Sem mudar o esquema podem entrar na equipe Willian ou Bernard. Outra opção pode ser a volta de Luiz Gustavo formando o meio campo junto com Paulinho, Fernandinho e Oscar adiantando Hulk para jogar ao lado de Fred. 

É necessário que Fred comece logo a jogar bola, mais do que nunca precisamos que todos os jogadores joguem muito para que possamos levantar a Copa. 

#VaiBrasil #ForçaNeymar #RumoaoHexa #MostratuaForçaBrasil

sábado, 28 de junho de 2014

Júlio César salva o Brasil contra o Chile



Foi difícil, tenso, jogo mais sofrido desde a partida contra a Holanda pela Copa do Mundo de 98 na França que também vencemos nos pênaltis. Dessa vez ao invés de Taffarel tivemos Júlio César defendendo duas cobranças.

O Brasil saiu na frente com gol de David Luiz em cobrança de escanteio. Eu achei gol contra do Jara. O Chile empatou ainda no primeiro tempo com Alexis Sanches depois de uma bobeira de Hulk. A partir daí o Chile começou a tomar as rédeas da partida. Neymar desapareceu da partida o a seleção sofreu durante todo o segundo tempo. Na prorrogação Hulk tentou levar a seleção a frente na base da força, mas parou no goleiro Bravo. A última bola foi mesmo do Chile e acertou o travessão brasileiro.

O que tiramos desse jogo além da emoção é que a Seleção não tem meio-campo, as bolas passam dos zagueiros para os atacantes que nem sempre conseguem dominá-las e logo estamos sofrendo pressão do adversário. Nossos dois laterais não marcam bem e não tem usado suas conhecidas habilidades no campo de ataque. Fred ou Jô? Tanto faz os dois estão inoperantes em campo, talvez fosse o caso de optar por mais um jogador no meio campo e sacar o centro-avante fixo.

Felipão tem que pensar o time para as quartas-de-final. O técnico não poderá contar com Luiz Gustavo que levou o segundo cartão amarelo e está suspenso. O Adversário sairá entre Colômbia ou Uruguai.

#RumoAoHexa #VaiBrasil #QueSufoco #VaiqueétuaJulioCesar #acordaseleção

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Brasil avança e vai pegar o Chile



O Brasil venceu a seleção de Camarões por 4x1 com 2 gols de Neymar Jr, Fred e Fernandinho. O Brasil iniciou a partida pressionando a saída de bola adversária criando algumas chances de gol. Os dois gols de Neymar no primeiro tempo surgiram de roubadas de bola no campo de ataque. Novamente o Brasil teve um meio campo inoperante durante o primeiro tempo. Paulinho apesar de ter aparecido algumas vezes a frente estava muito mal na partida. A marcação dos laterais brasileiros também tem deixado a desejar. Hulk e Oscar também não foram muito bem. Fred novamente não participou muito na primeira etapa. Neymar para variar é o cara do Brasil, o camisa 10 já tem 4 gols em sua primeira Copa do Mundo com apenas 22 anos. Cristiano Ronaldo e Messi juntos fizeram o mesmo que o brasileiro jogando atualmente o 3º mundial de cada um. 

No segundo tempo Felipão trocou Paulinho por Fernandinho e o meio campo melhorou. Fernandinho participou dos 2 gols brasileiros no segundo tempo, dando passe para David Luis cruzar para o gol de Fred. Fred que participou mais no segundo tempo fazendo tabelas e pivôs. Fernandinho marcou o quarto gol depois de bela troca de passes envolvendo Fred e Oscar. 

O Brasil irá enfrentar o Chile no sábado as 13 horas pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo no estádio Mineirão em Belo Horizonte. O Chile enfrentou o Brasil nas copas de 62, 98 e 2010 sendo derrotados todas as vezes por goleada. Acredito que será um jogo duro, mas com vitória da Seleção Brasileira. 

Fernandinho tem que ser titular na próxima partida pelo que mostrou contra Camarões no lugar de Paulinho. Também colocaria Maicon no lugar de Dani Alves mas essa alteração eu acredito ser menos provável.
#VaiBrasil #RumoaoHexa #mostratuaForça

terça-feira, 17 de junho de 2014

Felipão precisa repensar titulares após empate com México



O Brasil empatou sem gols pela segunda rodada da Copa do Mundo 2014 com o México na Arena Castelão em Fortaleza. O melhor jogador da partida acabou sendo o goleiro Ochoa o que dá a impressão de que o Brasil fez uma boa partida, mas na verdade os mexicanos foram melhores em campo e arriscaram até mais só que com pior pontaria. 

O Brasil carece de movimentação no meio campo. Paulinho desde que se transferiu para o Tottenham Hotspurs da Inglaterra, tem acumulado más atuações chegando a ser sacado do time. Pela Seleção Brasileira nesse mundial segue a mesma toada. Falta pegada no sistema defensivo e falta chegada no sistema ofensivo. Fernandinho que foi campeão inglês e titular toda a temporada pelo City e Hernanes merecem já uma oportunidade na próxima rodada. Hulk se recuperado deve voltar ao time. Na frente precisamos de mais mobilidade de nosso camisa 9 Fred. Na partida de hoje ele ou um cone daria na mesma. Jô entrou e deu mais mobilidade mas errou tudo o que tentou fazer também. 

Agora o nosso craque. Não há dúvidas que Neymar Jr. é um jogador diferente porém em alguns momentos da partida o jogador pensa que está sozinho em campo e deixa de passar a bola de forma rápida em várias situações. Chama uma tabela, rola uma bola e facilita o jogo. Vi pelo menos 3 oportunidades de passe perdidas pelo nosso camisa 10. Aqui é seleção brasileira, craques como Ronaldo, Rivaldo, Pelé também serviam e buscavam os companheiros em melhor posição. 

Abre o olho Felipão.
#VaiBrasil  #RumoAoHexa  #precisamelhorar

sábado, 14 de junho de 2014

No grupo da morte Itália e Costa Rica saem na frente.



Para quem sentou em frente a televisão hoje as 16 horas assim como eu imaginava que a Celeste Olímpica, o Uruguai passasse por cima da Costa Rica mesmo com a ausência de Luiz Suarez. Mas logo de cara o que se percebeu foi uma Costa Rica melhor organizada em campo enquanto o Uruguai dava chutões para frente torcendo para que Cavani ou Forlan resolvessem a partida. O Uruguai até saiu na frente com Cavani de pênalti mas viu no segundo tempo a Costa Rica do excelente Campbel virar a partida para 3x1. Tarde histórica para os costa-riquenhos e de drama para o Uruguai que ainda perdeu Maxi Pereira expulso. O Uruguai mostrou um futebol muito fraco, sem criação de jogadas e totalmente dependente da jornada de seus atacantes. O Uruguai enfrenta a Inglaterra que perdeu para a Itália e farão um jogo de desesperados, quem perder estará praticamente fora. 

No outro jogo do grupo Itália e Inglaterra fizeram um grande jogo em Manaus com diversas alternativas para ambos os lados. Porém os tetra campeões do mundo levaram a melhor com gols de Marchisio e Balotelli. Sturridge marcou o gol inglês após passe de Rooney. O jogo foi muito bem disputado como velocidade e chutes de fora que deram trabalho aos goleiros. A Itália pode encaminhar sua classificação vencendo na próxima rodada a Costa Rica enquanto a Inglaterra vai tentar a sobrevivência contra o Uruguai. 

Novamente tivemos bons jogos e uma grande quantidade de gols no torneio.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Holanda massacra Espanha em Salvador



O tão esperado embate entre Espanha e Holanda aconteceu hoje na Arena Fonte Nova em Salvador-BA. A Espanha tentando confirmar seu favoritismo ao bicampeonato e a Holanda a revanche pela derrota na final da Copa do Mundo de 2010. A Espanha com seu tiki-taka modificado devido a presença de Diego Costa no ataque saiu na frente em pênalti sofrido por Diego que foi convertido por Xabi Alonso. A Espanha tinha a posse de bola mas a Holanda era mais vertical. Em um contra-ataque Van Persie de peixinho encobriu Casillas e o primeiro tempo acabou empatado. 

O que se viu no segundo tempo foi um verdadeiro massacre holandês. Robben com categoria virou o placar. O terceiro gol não demorou a sair em uma bola alçada na área que Casillas saiu mal apesar de ter sofrido uma carga faltosa a meu ver. A Espanha parecia esgotada fisicamente e perdida. Casillas falhou novamente ao dominar mal uma bola que acabou sendo roubada por Van Persie que marcou seu segundo gol e decretou goleada em Salvador. Mas o gol mais bonito da noite ainda viria com Robben que ganhou na corrida de Sérgio Ramos deixou Cassilas no chão e marcou o quinto gol. Depois da última Copa vejo Arjen Robben muito mais confiante e capaz de se tornar um jogador decisivo. Olho nele nessa Copa. 

Quanto a Espanha, é juntar os cacos e correr atrás nas duas partidas restantes contra Chile e Austrália.

Fonte Imagem: http://blogdojuca.uol.com.br/2014/06/campeoes-mundiais-atropelados-na-bahia-sem-anotar-a-placa/

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Brasil 3x1 Croácia. Arbitragem ajudou.



Estréia é sempre complicado, desde 94 quando vencemos Camarões por 2x0 na estréia com gols de Romário e Raí não vencíamos por 2 gols de diferença. Começamos perdendo com um gol contra de Marcelo que na minhã opinião não foi o principal culpado pelo gol que nasceu na avenida Dani Alves que foi abaixo da crítica nessa partida. Neymar empatou o jogo depois de muita luta de Oscar no meio de campo antes de passar para a finalização de nosso camisa 10. 

O Brasil virou no segundo tempo em um momento até complicado na partida. O juiz japonês inventou um pênalti em cima de Fred. Neymar converteu a cobrança. No final da partida em contra-ataque Oscar decretou o placar final por 3x1. 

Oscar indiscutivelmente foi o melhor jogador brasileiro na partida, desarmou, tentou armar jogadas e participou da jogada dos três gols brasileiros na partida. Neymar por ter feito os gols e não ter fugido da partida também se destacou. Luiz Gustavo e David Luiz também foram bem. 

Não gostei como citei acima da atuação de Daniel Alves, a maioria das jogadas foram em cima do lateral brasileiro. Paulinho apesar de algumas jogadas esteve bastante apagado e deu lugar a Hernanes. Hulk também foi muito mal e cedeu espaço para Bernard. 

Para os próximos jogos é necessário melhorar, o que acredito acontecerá já que a ansiedade da estréia passou e os próximos adversários são teoricamente mais fáceis. 

#Faltam6jogosparaoHexa

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Vai começar a Copa do Mundo.


No dia 12 de junho começa a tão esperada e polêmica Copa do Mundo. Polêmica devido ao "legado" que não veio. Obras que não saíram do papel, obras que não estarão prontas para a competição sem falar do superfaturamento das que ficaram prontas ou quase prontas. 




Mudando um pouco o foco para falar do futebol, estou me preparando para torcer mais uma vez pela Seleção Brasileira pela 7 Copa do Mundo, começando lá em 90 quando perdemos para a Argentina de Maradona, o Tetra em 94 nos Estados Unidos, a decepção na França em 98, o Penta da família Scolari em 2002 na Coréia e no Japão, o fracasso do quadrado mágico na Alemanha em 2006 e a queda da seleção de Dunga para a Holanda na África do Sul em 2010. Além de torcer para o Brasil me lembro de vários jogos que ficaram na memória como Brasil x Holanda nas Copas de 94 e 98. Em 94 aquele jogo cheio de gols sendo decidido naquela falta cobrada por Branco. Em 98 um dos mais emocionantes que já assisti, empate em 1x1 no tempo normal, o resultado se manteve na prorrogação e foi para os pênaltis. Zagallo super emocionado contagiou os jogadores e Taffarel pegou dois pênaltis. 

A Alemanha goleando a Arábia Saudita por 8x0 em 2002 também marcou, porque por incrível que pareça meu irmão acertou o resultado desse jogo num bolão que fizemos, a gente assistindo o jogo juntos e ele torcendo para a Alemanha alcançar o placar apostado. Dinamarca ganhando de 4x1 da Nigéria em 2002 enquanto Okocha distribuía seus dribles como se estivesse ganhando o jogo. Argentina sendo eliminada em Copa também vi bastante, Romênia de Hagi em 94 3x2 nas oitavas, na primeira fase em 2002, em 2006 e 2010 para a Alemanha está última com um incrível 4x0. 

Agora 2014, quem vencerá? Espero que seja o Brasil. Meus Favoritos? Alemanha, Brasil, Argentina de Messi, e acho que a França pode ir longe nessa Copa devido ao chaveamento. Agora é assistir e torcer para assistir novos jogos que entrarão para história. 


Boa Copa. 

Vamos lá Brasil.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Livros que li: Redemptoris: A Saga do Cristo Desaparecido



O que me fez adquirir esse livro durante a FLIPOÇOS 2014 (Feira do Livro de Poços de Caldas-MG) além do ótimo preço foi o que li abaixo:

"É inacreditável, senhoras e senhores! - berrava o repórter. - Não há nenhum vestígio do desaparecimento. Não há sinais de destruição por perto, o pedestal e a balaustrada não foram danificados, e não se veem pedaços da estátua espalhados pelas encostas, algo que poderia denunciar uma explosão ou desmoronamento. O que temos aqui, à primeira vista, é um fato que escapa a compreensão do senso comum: o Cristo Redentor simplesmente sumiu. "

É período eleitoral e uma notícia surpreendente choca os moradores da cidade do Rio de Janeiro. O Cristo Redentor, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno desapareceu do alto do Corcovado!

O prefeito da cidade e candidato a reeleição não sabe o que pensar. Seu maior adversário nas eleições vê o sumiço do Cristo como um sinal de Deus abençoando sua candidatura. A notícia se espalha e todos os olhos do mundo se voltam para o Corcovado para confirmar a veracidade do fato.

Confirmado o sumiço do Cristo Redentor, várias hipóteses são levantadas, desde extraterrestres, o anticristo e até multinacionais que sumiram com o Cristo querendo explorar o local vago.

Em meio a tudo isso a corrida pela prefeitura da cidade maravilhosa rola com um único tema principal, o sumiço do Cristo.

Cabe então ao detetive particular Jaime Trent iniciar seu maior caso e descobrir o que ocorreu com Cristo Redentor em meio a uma crise conjugal e a paixão por uma vizinha de prédio.

Carlos Eduardo Novaes, autor que não conhecia até este livro me surpreendeu com uma história divertida, com uma trama até certo ponto inimaginável sem esquecer de tocar num ponto muito importante que é a forma como é tocada a política no nosso país. Com certeza uma leitura que recomendo para quem é fã do gênero.




domingo, 25 de maio de 2014

Real Madrid, pela décima vez o melhor da Europa



Parabéns primeiramente ao Atlético de Madrid que foi campeão espanhol e chegou a sua segunda final de Champions League, ao técnico Simeone que fez um excelente trabalho com um grupo bem mais modesto do que os seus grandes rivais Barcelona e Real Madrid e também pelo trabalho que deram na final sendo os campeões até o último minuto de acréscimo mas, estavam jogando a final da Champions League contra o maior campeão de todos, um time cheio de estrelas e entre elas o atual melhor do mundo Cristiano Ronaldo. Fica
a crítica a entrada de Diego Costa que jogou apenas 8 minutos e saiu machucado prejudicando a equipe que perdeu uma substituição, que acabou pesando muito durante a prorrogação.

Para o Real Madrid também os parabéns por ter lutado até o fim e conseguido um gol nos acréscimos com Sérgio Ramos, gol esse que levou a partida para a prorrogação e consequentemente ao título. Casillas que falhou no gol do Atlético tem que dar parte da premiação ao companheiro.

Ronaldo e Bale não fizeram grande partida mas cada um acabou deixando o seu gol. O galês fez o segundo gol enquanto CR7 fechou a conta marcando o quarto gol da equipe. Marcelo que saiu do banco para mudar o rumo fez o terceiro. Destaque para a partida de Di Maria. Como tá jogando bola esse argentino. Correu os 120 minutos, criando as melhores jogadas do Real sendo a mais bonita delas a que resultou no gol de Bale, depois de bela arrancada pela esquerda. Olho nele na Copa. Outro destaque vai para Ancelotti que ganhou sua 3ª Champions League como técnico além de ter ganho duas como jogador. Ancelotti fez as mudanças que o Real Madrid precisava para mudar o jogo quando colocou Marcelo e Isco em campo.

Os 4x1 acabou ficando elástico demais para uma partida tão disputada principalmente nos primeiro 90 minutos. As forças do Atlético acabaram e coube ao Real Madrid terminar o serviço.

terça-feira, 13 de maio de 2014

Livros que li: As belas coisas que é do céu contê-las - Dinaw Mengetsu




Sinopse( fonte: Skoob):Há 17 anos, Sepha Stephanos fugiu da revolução etíope após testemunhar o espancamento de seu pai. Depois de vender as jóias da família e desembarcar nos Estados Unidos, ele agora é dono de um armazém em um bairro de negros em Washington. Seus únicos companheiros são dois imigrantes africanos, Joe, do Congo, e Ken, do Quênia, que dividem a frustração e a saudade de casa. Ele então percebe que sua vida se transformou em algo muito diferente do que imaginara anos atrás. À medida que sua vizinhança começa a mudar, a esperança surge na forma de duas novas vizinhas, Judith e Naomi - uma mulher branca e sua filha mestiça, que, pela primeira vez em anos, fazem com que Sepha se sinta parte de uma família. Porém, quando incidentes raciais começam a agitar a vizinhança, Sepha mais uma vez se vê prestes a perder tudo.

Narrado de forma envolvente, As Coisas Belas Que o Céu Nos Traz é um livro que nos mostra a tristeza de perder seu lugar e a difícil construção de um espaço que pode ser chamado de lar.

"Mengestu criou uma narrativa rica e lírica sobre deslocamento e solidão. Fiquei profundamente tocado por essa história de um imigrante etíope que busca a aceitação, a paz e a identidade." - Khaled Hosseini, autor de O Caçador de Pipas e A Cidade do Sol.


O que eu achei?

As belas coisas que é do céu contê-las me atraiu principalmente pelo título e capa que me pareceram interessantes. A narrativa é feita de forma de simples e conta a história de Stephanos que se mostrou uma pessoa que não se adaptou eu seu novo país, uma pessoa com apenas dois amigos, mãe e irmão em outro continente, vivendo em seu pequeno mundo (mercearia e apartamento). O livro trás um personagem muito triste, sem vontade de encarar novos desafios, de mudar sua vida. O personagem se mostra diferente quando conhece Naomi e Judith, que trazem um pouco de novidade e movimento a vida de Stephanos.
 Existem algumas situações como a mudança de residência no caso dele de forma forçada por uma guerra, a saudade dos entes queridos e a não adaptação ao novo ambiente (país). Mas falta alguma coisa ao livro na minha opinião. Talvez a ideia do autor era mesmo mostrar que se na vida não tivermos algo que nos motive a levantar todos os dias, algo para batalhar e conseguir, pessoas para dividirem o combate e a vitória, teremos uma vida sem emoção, cheia de frustrações e medos. 









terça-feira, 6 de maio de 2014

Quem eu acho que vem pra Copa do Mundo.

Todo mundo se arriscando em quem vai ser convocado pela Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2014. Aí vão quem eu acho que serão os 23.

Goleiros

Júlio César , Jefferson e Victor.
Eu não levaria o Júlio César mas ele é o cara de confiança do Felipão, então é torcer por ele.

Laterais

Daniel Alves, Maicon, Marcelo e Felipe Luis.
Daniel Alves e Marcelo devem começar a Copa como titulares.

Zagueiros

Thiago Silva, David Luiz, Dante e Miranda
Thiago e David iniciam a Copa.

Meio Campo

Luiz Gustavo, Paulinho, Ramires, Oscar, Willian, Fernandinho e Philipe Coutinho(minha aposta).
Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar formarão o meio Campo

Atacantes

Neymar, Fred, Jô, Hulk e Bernard.
Hulk pela direita, Fred e Neymar pela esquerda formarão o trio ofensivo.

E ai será que acerto tudo ou teremos mais surpresas?


terça-feira, 15 de abril de 2014

Vem aí o Campeonato Brasileiro de 2014

O campeonato de 2013 teve algumas rodadas adicionais extra-campo mas parece que agora terminou com o Cruzeiro campeão e a Portuguesa rebaixada no lugar do Fluminense devido a escalação irregular de um jogador.

O campeonato desse ano não promete muito na minha opinião, vejo no momento o futebol jogado no Brasil bem abaixo do que é praticado em alguns bons campeonatos europeus. Os grandes favoritos são Cruzeiro e Atlético Mineiro que são os atuais campeões Brasileiro e da Libertadores respectivamente. O Internacional novamente na minha lista também figura como possível campeão brasileiro, só resta saber se esse ano vai, porque no papel possui um bom time. Grêmio e Santos completariam a minha lista. Não vejo como fortes candidatos os três times do Rio que acredito briguem para ficar no meio da tabela. Flamengo, Fluminense e Botafogo não contam com bons times, a nível de elenco talvez o Fluminense seja melhor, mas devemos lembrar que terminou na zona de rebaixamento o ano passado. 

São Paulo, Corinthians e Palmeiras são incógnitas. Eliminados antes das finais do Paulista tiveram um tempo maior de preparação para o Brasileirão. São Paulo deposita as esperanças no trio Pato, Ganso e Luis Fabiano, o Corinthians na volta de Elias e o Palmeiras em Valdívia e Alan Kardec. Acredito mais nos dois primeiros porém com ressalvas. 

Do Paraná Atlético Paranaense e Coritiba não vem muito fortes. Vejo o Coxa brigando contra o rebaixamento junto com Chapecoense de Santa Catarina, Sport, Vitória, Criciúma e Goiás. Acredito que o Bahia vem bem mais forte essa temporada após a conquista do Campeonato Baiano. Figueirense briga para ficar no meio da tabela. 
Se fosse para apostar agora em um Campeão eu diria Internacional, seguido de Cruzeiro, Atlético e Santos. Os rebaixados seriam Chapecoense, Vitória, Criciúma e Goiás. E aí o que vocês acham?

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Atlético de Madrid elimina Barcelona na Champions League



Com dez minutos de jogo o Barcelona já havia levado um gol marcado por Koke, aproveitando bola escorada. Praticamente no mesmo lance um pouco antes do gol Raul Garcia já havia feito chacoalhar a trave do Barcelona. Ainda dentro desse intervalo de tempo o Atlético de Madrid treinado pelo argentino Simeone colocou mais duas bolas na trave sendo uma delas com o ex-atacante do Barcelona, David Villa. O time catalão estava totalmente perdido, não conseguia passar a linha do meio campo. A intensidade do Atlético diminuiu e o Barça começou a tomar conta da bola. Pouco depois Messi recebeu cruzamento de Daniel Alves e cabeceou para fora. Em linda jogada de Neymar pela esquerda novamente o argentino perdeu. Houve reclamação de pênalti para os dois lados mas o primeiro tempo terminou mesmo 1x0. 

No segundo tempo o Barcelona novamente tinha o controle do jogo. Neymar teve uma nova chance mas não conseguiu driblar o goleiro para finalizar, Messi continuava apagado no jogo enquanto o Atlético explorava os contra-ataques. Iniesta dentro da pequena área jogou pra cima. Neymar numa cabeçada passou muito perto de empatar, mas era dia do Atlético que teve boas chances de ampliar mas não aproveitou. Barcelona novamente eliminado, só que dessa vez nas quartas-de-final quebrando uma sequência de semifinais que vinha desde 2007. 

O Atlético de Madrid se junta ao rival Real Madrid, Chelsea e o atual campeão Bayern de Munique. O sorteio dos confrontos será no dia 11/04.

Já ao Barcelona restam a Copa do Rei onde enfrentará o Real Madrid na segunda partida e o Campeonato Espanhol onde está em franca disputa contra os dois times de Madrid, com vantagem para o Atlético que lidera.

Flamengo eliminando na fase de grupos da Libertadores



Sou flamenguista, vibrei muito com a conquista da Copa do Brasil em 2013 mas tenho que confessar, com o time que tínhamos o ano passado e o que temos esse ano, fomos longe demais. Não fosse a entregada do Dedé e o único lance importante da passagem de Carlos Eduardo pelo Flamengo quando fez aquele gol no Mineirão contra o Campeão Brasileiro Cruzeiro provavelmente não estaríamos discutindo a eliminação da Libertadores. Não comentarei sobre o jogo contra o Leon pois não pude assisti-lo devido ao trabalho. 

Apesar dos reforços de Elano, Mugni, Everton e Alecssandro o time é fraco e carece principalmente de substitutos em posições chaves para a equipe. Sem Léo Moura não temos outra opção a altura na lateral direita. Na esquerda acredito não termos nenhuma opção com André Santos e João Paulo. No meio sentimos muito a falta de Elias e Luis Antônio, que foram titulares na conquista do Tri da Copa do Brasil e a frente ganhamos mais intensidade com a movimentação de Everton, mas Hernane e Paulinho que se destacaram ano passado já não vivem a mesma fase. 

Dificilmente jogaremos a Libertadores 2015 com o elenco atual, mas dentro do que a diretoria projetou acho que estamos no caminho para quem sabe em breve conseguirmos montar um grande time capaz de brigar por títulos em todos os campeonatos que disputar, não só no campeonato Carioca. 

Para o Brasileirão desse ano prevejo novamente dificuldades mas acredito que não brigaremos lá em baixo esse ano, mas não ficaremos muito acima do meio da tabela. 

Saudações Rubro Negras.

domingo, 16 de março de 2014

Começou a temporada 2014 da Fórmula 1.



A Fórmula 1 começou 2014 cheia de novas regras, tentado fazer a categoria se tornar mais "verde" e também mais competitiva de forma a recuperar o público que perdeu nas últimas temporadas com domínio total da Red Bull de Vettel. Um dos objetivos foi alcançado, Vettel não figurou entre os favoritos com sua RBR. 

Analisando o GP da Austrália a nova Fórmula 1 me pareceu a mesma, com um corrida chata onde um carro é infinitamente superior aos demais e ganhou a prova sem problemas, e brigas por posições e algumas pequenas emoções no blocos intermediários com destaque para Alonso que faz milagre com seus carros e principalmente Bottas que com sua Willians tentou dar alguma emoção ao GP. 

Felipe Massa que costuma não ter sorte em Melbourne confirmou o que é dito e não passou da primeira curva devido a trapalhada do Mito Kobayashi em sua volta a categoria. 

Vettel e Hamilton e alguns outros pilotos tiveram problemas em seus carros e abandonaram. O Australiano Ricciardo que ficou em segundo na pista foi desclassificado por utilizar uma mistura inadequada de combustível durante a prova. O pódio ficou então formado por Rosberg, Magnussen e Button. Vamos esperar a próxima etapa para ver se haverá alguma emoção.

Fonte Imagem: http://whatculture.com/sport/formula-one-2014-driver-line-ups-know-far.php

domingo, 9 de março de 2014

São Paulo volta a vencer um clássico ao bater o Corinthians



Logo no começo Romarinho roubou uma bola e arrancou mas finalizou para fora. O clássico já se iniciava a cem por hora. O Corinthians com Renato Augusto como titular estava mais organizado em campo e imprimia uma forte marcação no time do São Paulo que não conseguia achar espaços. Depois de uma cobrança de escanteio a bola sobrou para Luciano que bateu cruzado para a área, a bola bateu em Antônio Carlos e entrou. O São Paulo tentou tomar as rédeas do jogo e começou a ficar mais tempo com a bola porém esbarrava na forte marcação corintiana. O gol só poderia sair de algum chute de fora, pois estava difícil invadir a área adversária. E para surpresa de muita gente Paulo Henrique Ganso soltou um belo chute de fora da área que surpreendeu Cássio empatando o jogo. 

Para o segundo tempo Mano tirou Renato Augusto que voltava de contusão e colocou o peruano Guerreiro, no São Paulo Wellington entrou no lugar de Souza com dores no joelho. O São Paulo voltou melhor no segundo tempo e logo fez um gol em bela jogada de Douglas e Pabon que cruzou para o gol de Luís Fabiano. Na sequência em bola na área Guerreiro quase empatou em duas oportunidades até que em chute cruzado de Guerreiro novamente Antônio Carlos fez gol contra, o de empate do Corinthians. O último gol da tarde foi marcado por Rodrigo Caio que determinou a vitória são-paulina num jogo em que todos os gols foram marcados pelo tricolor do Morumbi. O Corinthians ainda chegou a armar um bom contra-ataque mas ao alcançar a bola Guerreiro sentiu o músculo da coxa e abandonou o jogo.

terça-feira, 4 de março de 2014

Amigos de Ronaldo e Zidane x Young Boys



Como é legal ver craques de antigamente fazendo o que sabem. Ronaldo e Zidane se reuniram na Suíça junto com outros craques para enfrentar os Young Boys da Suíça e Amigos. O jogo foi super movimentado com vários gols como costumar acontecer nesse jogos. Figo, Nedved, Maldini, Zidane, Ronaldo, Marta, Vieri, Djorkaef e vários outros craques desfilaram categoria em campo marcando quatorze gols terminando em 8x6 para os amigos de Zidane e Ronaldo. 

Zidane (2 gols), Marta(2 assistências, uma para gol de Zidane e uma para Vieri) e Djorkaef (2 gols) foram os craques que desequilibraram a partida. Ronaldo jogou alguns minutos mas desperdiçou algumas chances e não conseguiu marcar o seu.


domingo, 23 de fevereiro de 2014

São Paulo e Santos empatam sem gols no Morumbi




O clássico paulista começou com o Santos apertando a saída de bola são-paulina, que acabou gerando uma falha na saída de bola de Rogério Ceni apertado por Leandro Damião, Cícero pegou a bola e chutou para defesa do goleiro, no rebote Damião foi travado pela zaga. O São Paulo, que teve Paulo Henrique Ganso iniciando no banco de reservas, reclamou de uma impedimento que deixaria Luís Fabiano na cara de Aranha. O Santos ainda teve mais uma chance em bobeira de Rodrigo Caio, que Leandro Damião jogou para o meio da área porém nenhum companheiro apareceu. O São Paulo melhorou e começou a criar chances no final do primeiro tempo. Antônio Carlos foi bloqueado duas vezes, e um chute de Paulo Miranda desviou em Rodrigo Caio e foi para fora. Os goleiros trabalharam pouco no primeiro tempo. 

O jogo melhorou bastante no segundo tempo e exigiu um pouco mais dos dois goleiros principalmente de Rogério Ceni que pegou cabeçada a queima-roupa de Leandro Damião. Ceni chegou a ter uma falta próxima ao gol mas, bateu pra fora. Cicinho após errar cruzamento acertou o travessão no lance seguinte. A partida chegou a ficar aberta no final e o Santos saiu do jogo reclamando de um pênalti corretamente desmarcado pelo árbitro e auxiliar pois o atleta do Santos que sofreu a penalidade estava impedido. 

Clássico sem gols e o São Paulo continua sua saga em busca de uma vitória em clássicos. Ganso entrou no segundo tempo mas não fez nada que mereça comentários.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Palmeiras 1x1 Audax



Uma boa partida no Pacaembu entre o Palmeiras e o Audax que vem sendo considerado por alguns uma sensação no campeonato. O Palmeiras de Gilson Kleina mostra mais uma vez que é uma equipe bem armada e que tem muito pra evoluir durante os próximos jogos. O Audax vem se destacando por um jogo de muita movimentação, jogadores sem posições fixas e principalmente por sempre sair jogando, sem dar chutões. 

O Palmeiras foi melhor durante o primeiro tempo, adiantando a marcação e dificultando ao máximo a saída em toque de bola do time do Audax porém o gol acabou não saindo. Ao Audax sobraram os chutes de longa distância devido a forte marcação do Palmeiras. 

No segundo tempo com uma alteração o Audax melhorou na partida e saiu na frente no placar. Coube então ao Palmeiras ir para cima e buscar o empate. Durante um tempo acabaram esbarrando na trave e numa atua fraca de Alan Kardec. O Palmeiras aumentou a pressão e acabou empatando com o paraguaio Mendieta e só não virou porque Alan Kardec perdeu um pênalti e também o rebote. 

Sobre o Audax, é legal ver um time sair jogando sem dar chutão, mas em alguns momentos o time corre riscos desnecessários que trazem muita emoção ao jogo.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Chelsea de Mourinho quebra invencibilidade do Manchester City


O Manchester City até a partida de hoje havia vencido todos os jogdos em casa e vendo a escalação do time do Chelsea se imaginava um time mais defensivo contra o incrível ataque do Manchester City, mas o que rolou no jogo foi um time marcando a frente, fazendo pressão pra tomar a bola e partir logo para a definição. Hazard, Willian, Ramires e Eto'o se movimentavam muito e davam trabalho a defesa do City, YaYá Touré era o melhor jogador dos Citizens na partida e dos pés dele surgiu a chance mais clara de gol, desperdiçada por Silva. Em contra-ataque Willian deu passe para Ramires marcar, mas Hart defendeu. Pouco depois outra chance no pé do brasileiro que foi impedida pelo zagueiro, mas no rebote Ivanovíc marcou o gol dos visitantes. O Chelsea articulava melhor as jogadas, Hazard infernizava os citizens e em bela jogada de fundo jogou para dentro da área para finalização de Eto'o na trave. 

No segundo tempo o Chelsea ainda colocou mais duas bolas na trave, mas o segundo gol não saiu. O City desperdiçou mais uma chance com Silva e tentou impor uma pressão no final da partida. Foi uma vitória sem contestação apesar do placar mínimo. O Chelsea foi muito superior. Destaque para mais uma bela partida de Willian, que ainda tenta cavar sua vaga na seleção brasileira.  A série invicta do Manchester City(somente vitórias) em casa foi quebrada pela equipe de José Mourinho que agora divide a vice-liderança com rival atrás apenas do Arsenal. 

O título vai ser de um desses três, qual a sua aposta?

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Flamengo 1x0 Volta Redonda



Em outro jogo fraco o Flamengo venceu novamente no Campeonato Carioca 2014, por incrível que pareça por 1x0 com outro gol do questionável zagueiro Welinton. Nessas primeiras rodadas Jaime de Almeida tem escalado jogadores pouco utilizados na última temporada enquanto os chamados titulares e novas contratações estão fazendo trabalho físico a parte para uma boa estréia na Taça Libertadores da América. 

Até o momento o clube vai apostar suas fichas nos veteranos Elano e Alecssandro vindos do Grêmio e Atlético Mineiro, Éverton (campeão brasileiro em 2009 pelo clube) vindo do Atlético Paranaense, Léo também vindo do clube paranaense, Lucas Mugni vindo do Colón da Argentina, Erazo zagueiro vindo do Barcelona de Guaiaquil e Feijão volante vindo do Bahia. Elias que foi destaque na temporada passada, principalmente na Copa do Brasil ainda pode voltar ao clube que aumentou a proposta pelo volante. 

Agora é torcer para que o bombeiro Jaime de Almeida prove ser mais do que isso nessa temporada, e que pare na insistência em jogadores como Val, Digão e alguns outros que não merecem envergar o Manto Rubro-negro. Até agora são duas vitórias no campeonato carioca. Sábado tem mais mas, o que realmente importa nessa temporada é uma boa campanha na fase de grupos da Libertadores, garantindo uma vaga no mata-mata e um bom campeonato Brasileiro, que ainda não sabemos como vai ser.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

E o melhor do Mundo é Cristiano Ronaldo


Messi se machucou várias vezes no último ano e mesmo assim fez mais de 40 gols no ano. Frank Ribéry jogador do Bayern de Munique ganhou tudo o que disputou no ano passado, campeonato alemão, copa da Alemanha, Champions League e o Mundial de Clubes da FIFA e era apontado por muitos, inclusive ele próprio como o provável vencedor e merecedor da Bola de Ouro. Acho ele um bom jogador encaixado no melhor time do mundo atualmente, o prêmio dele foi ficar entre os 3 melhores do mundo.  

Mas o português Cristiano Ronaldo teve números sensacionais na temporada apesar de não ter levantado nenhuma taça. O gajo marcou incríveis 69 gols em 57 partidas disputadas, além de ter dado show na repescagem para a Copa do Mundo no Brasil em cima da Suécia de Ibrahimovic marcando os 3 gols na vitória por 3x2 fora de casa. 

Se ele é melhor que Messi, acredito que não, mas com certeza em 2013 ele foi o melhor. Agora em 2014, ano de Copa do Mundo, quem vocês acham que leva? Será que Neymar terá um grande ano e entrará nessa disputa? Ou teremos mais uma vez Messi e Ronaldo disputando o prêmio? Esperar para ver.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Brasileirão 2013

Estava esperando o Campeonato Brasileiro de 2013( ainda estou esperando, mas tá demorando muito) acabar para escrever o que achei do campeonato, mas o mesmo teve rodadas estendidas nos tribunais do STJD e agora na Justiça comum. 

O Cruzeiro foi o grande campeão da competição, a única equipe que montou um elenco, um time bom para o campeonato que venceu com sobras. Um campeonato que apresentou um nível técnico baixíssimo, e que acabou sendo marcado pela violência das torcidas em vários jogos do campeonato incluindo na última rodada uma batalha nas arquibancadas de Joinville entre as torcidas organizadas de Atlético Paranaense e Vasco.

Além do baixo nível de futebol apresentado Portuguesa e Flamengo cometeram o erro de escalar jogadores suspensos na última rodada, o que gerou a perda de quatro pontos para as duas equipes o que resultou no rebaixamento da equipe paulista  o Fluminense salvo de disputar a série B em 2014. 

Agora hoje a justiça comum emitiu liminar favorável ao Flamengo e Portuguesa fazendo com que os pontos perdidos no tribunal do STJD sejam devolvidos, fazendo assim com que o Fluminense volte a posição de rebaixado. 

Isso ainda vai gerar muita confusão, e é triste ver o quanto é amador o futebol brasileiro. E mais triste ainda é ver que o regulamento pode ser rasgado e uma nova fórmula de disputa pode ser "criada" para que os imbróglios desapareçam. Se preparem para uma segunda Taça João Havelange.