Adsense

domingo, 23 de fevereiro de 2014

São Paulo e Santos empatam sem gols no Morumbi




O clássico paulista começou com o Santos apertando a saída de bola são-paulina, que acabou gerando uma falha na saída de bola de Rogério Ceni apertado por Leandro Damião, Cícero pegou a bola e chutou para defesa do goleiro, no rebote Damião foi travado pela zaga. O São Paulo, que teve Paulo Henrique Ganso iniciando no banco de reservas, reclamou de uma impedimento que deixaria Luís Fabiano na cara de Aranha. O Santos ainda teve mais uma chance em bobeira de Rodrigo Caio, que Leandro Damião jogou para o meio da área porém nenhum companheiro apareceu. O São Paulo melhorou e começou a criar chances no final do primeiro tempo. Antônio Carlos foi bloqueado duas vezes, e um chute de Paulo Miranda desviou em Rodrigo Caio e foi para fora. Os goleiros trabalharam pouco no primeiro tempo. 

O jogo melhorou bastante no segundo tempo e exigiu um pouco mais dos dois goleiros principalmente de Rogério Ceni que pegou cabeçada a queima-roupa de Leandro Damião. Ceni chegou a ter uma falta próxima ao gol mas, bateu pra fora. Cicinho após errar cruzamento acertou o travessão no lance seguinte. A partida chegou a ficar aberta no final e o Santos saiu do jogo reclamando de um pênalti corretamente desmarcado pelo árbitro e auxiliar pois o atleta do Santos que sofreu a penalidade estava impedido. 

Clássico sem gols e o São Paulo continua sua saga em busca de uma vitória em clássicos. Ganso entrou no segundo tempo mas não fez nada que mereça comentários.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Palmeiras 1x1 Audax



Uma boa partida no Pacaembu entre o Palmeiras e o Audax que vem sendo considerado por alguns uma sensação no campeonato. O Palmeiras de Gilson Kleina mostra mais uma vez que é uma equipe bem armada e que tem muito pra evoluir durante os próximos jogos. O Audax vem se destacando por um jogo de muita movimentação, jogadores sem posições fixas e principalmente por sempre sair jogando, sem dar chutões. 

O Palmeiras foi melhor durante o primeiro tempo, adiantando a marcação e dificultando ao máximo a saída em toque de bola do time do Audax porém o gol acabou não saindo. Ao Audax sobraram os chutes de longa distância devido a forte marcação do Palmeiras. 

No segundo tempo com uma alteração o Audax melhorou na partida e saiu na frente no placar. Coube então ao Palmeiras ir para cima e buscar o empate. Durante um tempo acabaram esbarrando na trave e numa atua fraca de Alan Kardec. O Palmeiras aumentou a pressão e acabou empatando com o paraguaio Mendieta e só não virou porque Alan Kardec perdeu um pênalti e também o rebote. 

Sobre o Audax, é legal ver um time sair jogando sem dar chutão, mas em alguns momentos o time corre riscos desnecessários que trazem muita emoção ao jogo.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Chelsea de Mourinho quebra invencibilidade do Manchester City


O Manchester City até a partida de hoje havia vencido todos os jogdos em casa e vendo a escalação do time do Chelsea se imaginava um time mais defensivo contra o incrível ataque do Manchester City, mas o que rolou no jogo foi um time marcando a frente, fazendo pressão pra tomar a bola e partir logo para a definição. Hazard, Willian, Ramires e Eto'o se movimentavam muito e davam trabalho a defesa do City, YaYá Touré era o melhor jogador dos Citizens na partida e dos pés dele surgiu a chance mais clara de gol, desperdiçada por Silva. Em contra-ataque Willian deu passe para Ramires marcar, mas Hart defendeu. Pouco depois outra chance no pé do brasileiro que foi impedida pelo zagueiro, mas no rebote Ivanovíc marcou o gol dos visitantes. O Chelsea articulava melhor as jogadas, Hazard infernizava os citizens e em bela jogada de fundo jogou para dentro da área para finalização de Eto'o na trave. 

No segundo tempo o Chelsea ainda colocou mais duas bolas na trave, mas o segundo gol não saiu. O City desperdiçou mais uma chance com Silva e tentou impor uma pressão no final da partida. Foi uma vitória sem contestação apesar do placar mínimo. O Chelsea foi muito superior. Destaque para mais uma bela partida de Willian, que ainda tenta cavar sua vaga na seleção brasileira.  A série invicta do Manchester City(somente vitórias) em casa foi quebrada pela equipe de José Mourinho que agora divide a vice-liderança com rival atrás apenas do Arsenal. 

O título vai ser de um desses três, qual a sua aposta?