Adsense

sábado, 4 de julho de 2015

Chile é o campeão da Copa América



O Chile nunca havia conquistado um título, a Argentina não conquistava um com a seleção principal desde 1993, ou seja, 22 anos. O primeiro conseguiu acabar com a seca e levantou o caneco da Copa América. Não foi o grande jogo que todos esperavam. A Argentina na semi fez um grande jogo contra o Paraguai quando goleou por 6x1 porém, não conseguiu repetir a atuação na grande final. Di Maria saiu machucado ainda no primeiro tempo. Tévez não entrou nas últimas duas partidas. Higuain não conseguiu aproveitar a chance que teve e Messi, não foi o mesmo jogador da semifinal e ficou devendo e muito para o desempenho de sua seleção. 

O Chile é uma seleção bem organizada por Sampaoli e conseguiu tomar as ações da partida, porém o time sofre com a falta de finalizações. A bola gira pra lá e pra cá, mas raramente é chutada a gol. Valdívia foi mal na final e foi sacado, Rodrigues entrou mas também não mudou muito o panorama da partida que terminou 0x0 no tempo normal. Na prorrogação, o primeiro tempo foi bem ruim tendo apenas uma oportunidade com Sanches após falha de Mascherano, mas a finalização foi para fora. A Argentina pode reclamar um pênalti na segunda etapa da prorrogação sobre Rojo, que poderia mudar o seguimento da partida, porém, o árbitro não marcou. 

A decisão foi para os pênaltis, dois argentinos perderam suas cobranças e Sanches fechou a disputa só rolando a bola para dentro do gol na última cobrança. 

Os argentinos, apesar dos grandes jogadores, não consegue vencer as competições que disputa e o Chile desponta com sua melhor geração sob o comando do argentino Sampaolli que vem acumulando bons trabalhos. Nova ordem na América do Sul? Talvez, as eliminatórias para a Copa do Mundo dirão. 

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Flamengo 1x0 Joinville



O Flamengo voltou a vencer na última rodada do Campeonato Brasileiro ao bater o JEC por 1x0 em Santa Catarina. O gol foi marcado por Emerson Sheik. O que vale ressaltar na partida rubro-negra é que não houve improvisações dessa vez. Lateral direito de origem jogando na posição, lateral esquerdo jogando de lateral esquerdo, volante jogando de volante e assim por diante. Está na hora de acabar com essas invenções e colocar o que tem da posição pra jogar, seja para dar experiência como no caso de Jorge que atuou como titular já que Armero não estava a disposição. Jonas é muito louco, alguém precisa conversar com o garoto, ele rouba muitas bolas, mas dá umas entradas que se acertam é pra vermelho na certa, por enquanto tem dado sorte. Gostei da movimentação do ataque, Cirino, Emerson, Gabriel e Everton criaram bastante espaço para ultrapassagens, falta um pouco ainda a chegada de Canteiros mais a frente para qualificar os passes. Com a entrada de Guerrero futuramente eu armaria o time com três atacantes, sacando Gabriel deixando então Emerson, Cirino e Guerrero vindos de trás Everton e Canteiros. Caso Everton seja mesmo negociado, Gabriel e Alan Patrick podem brigar pela posição. Cáceres e Jonas se revesariam na posição de primeiro volante, logo que ambos serão suspensos com facilidade devido ao jogo duro que praticam. César ainda está muito nervoso com a titularidade, acredito que a partida zerada de ontem pode dar mais tranquilidade ao garoto. Esperamos que a partir de agora o time possa apresentar um futebol melhor de se ver e torcer. 

SRN

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Chile e Argentina farão a final da Copa América



Na segunda-feira Chile e Peru fizeram uma bela partida pela semifinal da Copa América. Os ânimos começaram exaltados com alguns atritos entre jogadores e algumas faltas bruscas pelo lado dos peruanos que acabou resultando na expulsão de um zagueiro as 20 minutos do primeiro tempo. O jogador a mais fez a seleção do Chile partir para cima e conseguir fazer 1x0 no primeiro tempo com Vargas em posição de impedimento. No início da segunda etapa em posição legal, Vargas recebeu belo lançamento e desviou de primeira para fazer o segundo gol, que foi mal anulado pelo bandeirinha. O Peru não abdicava do jogo apesar do jogador a menos e levava perigo em alguns momentos até conseguir o empate em gol contra de Medel. Mas Vargas novamente em chute de fora da área desempatou a partida e levou a Chile a final tão esperada dentro de casa.

Na terça-feira Argentina e Paraguai jogaram a segunda semifinal. A Argentina como era de se esperar tomou as ações da partida e em pouco mais de 20 minutos já vencia por 2x0. O Paraguai foi guerreiro apertou a saída de bola da Argentina e conseguiu diminuir o placar ainda no primeiro tempo. No início do segundo tempo o Paraguai adotou a mesma tática de marcar no campo adversário mas permitiu espaço para o contra-ataque argentino e levou o terceiro gol. O Paraguai ainda tentou uma reação, mas os espaços começaram a surgir para Messi e cia que fizeram mais 3 gols e liquidaram a partida. O Brasil escapou de ter que enfrentar a equipe de Messi, Di Maria, Pastore, Agüero e Tévez que nem participou da partida.

Vai ser uma grande final, a Argentina é favorita, mas continua com problemas no setor defensivo que pode ser bem explorado pelo bom ataque do Chile. E ai quem ganha?