Adsense

domingo, 29 de maio de 2016

Deu Real Madrid de novo.



O Atlético de Madrid novamente morreu na praia. São 3 finais de Champions League e o terceiro vice-campeonato. O Real Madrid ao contrário do rival, chegou em 14 finais e venceu 11 delas. 

Bom o jogo foi muito bom e diferente do que muitos comentaristas bradaram por ai, o Atlético de Madrid controlou boa parte da partida enquanto o Real se defendia e preparava o contra-ataque. O gol merengue saiu de forma irregular após bola levantada na área. Bale desviou a bola na direção do gol e Sérgio Ramos impedido fez o primeiro gol da partida. Após o gol o Atlético diminuiu sem ímpeto e o Real começou a comandar as ações. Cristiano Ronaldo e Griezmann pouco fizeram no primeiro tempo. Casemiro e Modric comandavam o meio campo do Real e foram os melhores da primeira etapa, do lado colchonero, Saúl era o que mais tentava fazer algo e Filipe Luis fazia novamente boa partida. . 

Na segunda etava Simeone colocou Carrasco. O Atlético tomou as ações da partida e logo no início o árbitro inventou um pênalti para o time. Griezmann desperdiçou a cobrança acertando o travessão de Navas. Mesmo após o pênalti perdido o Atlético continuou tomando as ações até que o gol de empate saiu com Carrasco aproveitando bela trama de ataque. A partir daí o Real tentou sair um pouco mais, mas nada aconteceu. O jogo foi para a prorrogação, que terminou sem gols e enfim chegou aos pênaltis. Foi muito estranha a postura de Oblak na disputa de pênaltis, ele pulou em uma batida e de uma maneira não muito convincente. Juanfran perdeu a quarta cobrança do Atlético e coube ao artilheiro Cristiano Ronaldo marcar o pênalti que garantiu o 11º título do Real Madrid.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Vem ai o Brasileirão 2016!



No próximo final de semana começa o Campeonato Brasileiro de 2016. No último ano o campeão foi o Corinthians de Tite, que novamente vem para lutar lá em cima no campeonato apesar do desmanche ocorrido no inicio da temporada. O Palmeiras que acabou eliminado do campeonato paulista de da Libertadores teve tempo para treinar e com Cuca pode ser um candidato ao título caso o time de liga. São Paulo vivo ainda na Libertadores ainda é uma incógnita na temporada devido as oscilações ao longo dos jogos. O Santos novamente campeão paulista sofrerá no inicio do campeonato com as ausências de Ricardo Oliveira, Gabriel e Lucas Lima servindo a seleção na Copa América Centenária. A Ponte Preta iniciou mal o ano e não passou na primeira fase do paulistão. Briga do meio da tabela para baixo, tentando se manter na primeira divisão. 

Os cariocas da competição são Flamengo, Fluminense e Botafogo. Pelos elencos montados vejo o Botafogo brigando para permanecer na primeira divisão. O elenco não é dos melhores apesar do bom padrão de jogo implantado por Ricardo Gomes. O Fluminense tem um bom elenco comandado por Fred e Levir Culpi, acredito que brigará para na primeira metade da tabela, mas sem chance de título. O Flamengo que também será desfalcado pela Copa América de alguns de seus estrangeiros ainda não mostrou a que veio esse ano. O 'renovado" Muricy ainda não conseguiu dar um padrão de jogo a equipe. Acredito que pelo elenco briga na primeira metade da tabela. 

Os mineiros vem com o forte elenco do Atlético Mineiro de Pratto e Robinho que ainda estão na disputa da Libertadores. Com certeza é um dos candidatos ao título desse ano por ter mantido e reforçado a base vice campeã do ano passado. O Cruzeiro parece ter bons jogadores mas inicia o campeonato brasileiro sem definir seu novo treinador após a saída de Deivid. O América, campeão mineiro desse ano, apesar de um bom trabalho de Givanildo briga para não cair para segundona. 

Do sul, Grêmio apesar de ter ido mal na libertadores e no gauchão, considero um dos times que brigará lá em cima por título e libertadores. O Internacional que coloquei como favorito nos anos anteriores apesar do hexacampeonato gaúcho não considero esse ano um time que possa brigar pelo título, talvez esse ano surpreenda. Atlético Paranaense e Coritiba brigaram na minha opinião no meio da tabela, lembrando que o Coxa tem flertado com a segundona ultimamente. Chapecoense e Figueirense também não irão muito longe na tabela, mas acredito que a Chapecoense não brigará no Z4. Figueirense tem que se cuidar. 

Do Nortedeste temos o surpreendente Santa Cruz, bicampeão pernambucano, campeão da Copa do Nordeste e de volta a série A. Conta com os experientes Grafite e Léo Moura no elenco e torço para que não retorne a segunda divisão. Precisamos da força do Nordeste no campeonato, que também contará com Sport e Vitória. O Sport vem de boa campanha no último ano e com esperança de repetir o feito. O Vitória foi campeão baiano em cima do rival mas terá que mostrar muito mais no brasileirão. 

E ai quem leva o campeonato desse ano? Eu torço pro meu Flamengo mas não sei não. Em dezembro ficamos sabendo.

domingo, 8 de maio de 2016

Leicester campeão da Premier League



O Leicester City na última segunda-feira sagrou-se campeão da Premier League, o Campeonato Inglês, com o empate entre Tottenham e Chelsea. No jogo de ontem contra o Everton, o jogo da taça, o time venceu por 3x1 com direito a gol perdido de Vardy que marcou duas vezes. O outro gol foi marcado por King. 

O mais legal dessa história toda e a emoção que o esporte pode nos proporcionar, principalmente o futebol. Eu mal conhecia este time e após o fim do primeiro turno passei a torcer por eles. Rodada a rodada o time foi vencendo obstáculos com um futebol não muito vistoso, mas muito eficiente. Adversários foram ficando para trás, e na partida contra o Manchester City, em Manchester, comecei a acreditar de verdade que o título era possível. A vitória convincente por 3x1 com um golaço de Mahrez. 

Os pés no chão do técnico Cláudio Ranieri também foi importantíssimo para a conquista. Ranieri sempre avaliava cada partida. O primeiro objetivo era fazer 40 pontos e não ser rebaixado. Após o primeiro turno, beliscar um torneio europeu. Venho a classificação para a Champions League e na sequência para coroar essa campanha histórica o título da Premier League. 

O futebol consegue criar histórias assim, e nos mostra que o dinheiro não é tudo no esporte. Dedicação, entrega e sonhar permitem que se consiga realizar voos mais altos. Gosto de uma frase se não me engano do Mark Twain que diz: "Não sabendo que era impossível foi lá e fez." E foi o que o Leicester fez. Parabéns Foxes pelo título.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Atlético de Madrid e Real Madrid fazem a final da Champions de novo.

 


Assim como há dois anos atrás a final do maior torneio de clubes europeu a UEFA Champions League será disputada entre dois clubes de Madrid. A final será disputada em Milão. O Atlético de Madrid se classificou para a final mesmo perdendo por 2x1 para o Bayern em Munique. Foi um grande jogo. O Bayern partiu para cima logo no início da partida buscando reverter a vantagem que o Atlético construiu em casa. Xabi Alonso abriu o placar para os bávaros que continuaram a pressionar em busca de um segundo gol. Muller desperdiçou um pênalti ainda no primeiro tempo que poderia ter mudado a história da partida. No segundo tempo Simeone soltou mais o time com a entrada de Carrasco. O time de Madrid chegou ao empate com Griezmann em contra-ataque mortal. O Bayern voltou a pressionar e conseguiu seu segundo gol com Lewandowski e partiu para o abafa. Fernando Torres ainda perdeu um pênalti que poderia ter diminuído a pressão final, mas o gol acabou não fazendo falta. 

No jogo entra Real Madrid e Manchester City a partida se resolveu ainda no primeiro tempo em gol de Bale. O Manchester City não conseguiu pressionar o Real e o jogo foi morno ainda mais se comparado a outra semifinal. 

Na final, o favorito tende a ser o Real Madrid que já conquistou a Champions 10 vezes, a última sobre o próprio Atlético, mas o time de Simeone não pode ser descartado. Devemos lembrar que dois anos atrás o Real perdia o jogo até os acréscimos do segundo tempo quando Sérgio Ramos conseguiu o gol de empate. Ai na prorrogação o Real mais inteiro conseguiu a goleada. Espero que novamente seja um grande jogo.