Adsense

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Juventus segura Barcelona e vai a semifinal da Champions League



O Barcelona precisava novamente de uma virada difícil assim como precisou contra o PSG, mas dessa vez um gol a menos. Só que os adversários eram os italianos da Juventus que não leva 4 gols de diferença em uma partida desde 2004. Assim como na partida em Turim a Juve começou marcando pressão a saída de bola do Barça mas aos poucos o time catalão foi se impondo na partida e tomando conta das ações. Neymar era o mais acionado do time porém a marcação da dupla Daniel Alves e Cuadrado estava sendo eficiente. Quando os dois eram vencidos ainda havia a cobertura de Bonucci. O Barcelona tinha a bola mas as estocadas mais perigosas eram do time italiano. Buffon fez apenas uma defesa no primeiro tempo em chute de Messi. Messi também chutou para fora uma bola que sobrou na marca do pênalti. 

No segundo tempo o Barcelona tentou fazer pressão. Piqué virou praticamente um articulador no começo do segundo tempo e terminou o jogo como atacante. A Juventus manteve a postura do primeiro tempo enquanto o Barcelona ia se desdobrando e se bagunçando em campo em busca do primeiro gol. Neymar novamente foi um dos mais acionados, porém a marcação continuava forte. Os contra-ataques estavam sempre lá, hora com Dybala, hora com Cuadrado. Messi teve uma chance em saída errada de Buffon mas chutou por cima. Barzagli entrou para formar a trinca de zagueiros da seleção italiana e armar ainda mais o sistema defensivo italiano. O Barcelona se jogou para dentro da área e com isso deu algumas chances não aproveitadas pela Juve. O jogo foi muito bom apesar do 0x0. 

A Juventus chega a semifinal junto com Atlético de Madrid, Real Madrid e Mônaco. Acredito eu, umas das fortes candidatas ao título pela sua história e pelo futebol apresentado que pode não ser dos mais vistosos mas com certeza é eficiente. Forza Juve!! 

terça-feira, 18 de abril de 2017

Real Madrid vence Bayern na prorrogação e se classifica para a semifinal da Champions League



Que jogo em Madrid! O Bayern precisando da vitória por 2 gols de diferença teve o retorno de Lewandowski. Foi um bom primeiro tempo mas de poucas finalizações por parte do time alemão e o Real Madrid mostrando que seria um time perigoso sempre que fosse a frente. O primeiro tempo terminou mesmo 0x0. 

No segundo tempo o Bayern apertou e foi para cima desde o começo e quase abriu o placar com Robben não fosse Marcelo salvando em cima da linha. Pouco depois Casemiro fez pênalti em Robben e escapou de levar o segundo amarelo e ser expulso. Lewandowski converteu a cobrança. Pouco depois o Real Madrid empatou a partida com Cristiano Ronaldo após lançamento de Casemiro. Era o terceiro gol do CR7 no confronto. No lance seguinte o Bayern foi novamente a frente com um gol contra de Sérgio Ramos. Casemiro escapou mais uma vez da expulsão após nova falta em Robben e o árbitro errou ao expulsar minutos depois o chileno Vidal, lance que para mim resolveu a partida. 

Na prorrogação que começou em um ritmo forte o Bayern tentou ir a frente e buscar um gol que complicaria e muito a vida do Real Madrid, mas quem marcou de novo foi Cristiano Ronaldo muito impedido. No segundo tempo em grande jogada de Marcelo que passou no meio da defesa alemã rolou para CR7 impedido de novo marcar seu terceiro gol na partida e praticamente liquidar a fatura. Asensio fez o quarto gol do Real Madrid após entrar na área driblando e chutar no canto direito de Neuer. O Real Madrid chega a sua sétima semifinal seguida da Liga dos Campeões, tendo conquistado dois títulos. 

A lamentar a atuação da arbitragem que não expulsou Casemiro e deixou de dar impedimento no segundo e terceiro gol do Real Madrid. 

terça-feira, 11 de abril de 2017

Juventus amassa Barcelona em Turim



A Juventus já começou a partida pressionando a saída de bola do Barcelona com Higuaín, Dybala ,Mandzukic e Cuadrado. E foi deste último pela direita que saiu o primeiro gol do time italiano. O colombiano Cuadrado rolou dentro da área para Dybala que virou e bateu de canhota longe do alcance de Ter Stegen. O segundo gol italiano também foi marcado pelo argentino. Dybala recebeu agora pela esquerda na entrada da área e acertou o cantinho direito de Ter Stegen. A dupla marcação feita por Cuadrado e Daniel Alves sobre Neymar e Alexsandro e Mandzukic sobre Messi funcionou muito bem na primeira etapa o que rendeu poucas chances de finalização para o time Catalão. 

No segundo tempo com André Gomes no lugar de Mathieu o Barcelona saiu mais para o jogo, buscando finalizações e infiltrações. Na melhor delas Iniesta recebeu belo passe de Messi e finalizou para grande defesa de Buffon. Na sequência foi a vez de Higuain desperdiçar chance do terceiro gol cara a cara com Ter Stegen. Terceiro gol que saiu com Chiellini de cabeça após cobrança de escanteio. O quarto gol poderia ter saído em jogada onde foi marcado impedimento equivocado de Khedira que resultaria em gol de Cuadrado. O Barcelona tentou diminuir mas não conseguiu. O time catalão vai necessitar novamente de uma grande virada em casa. O feito dessa vez pode ser alcançado com menos gols, mas dessa vez é a Juventus. E não vai ser fácil fazer quatro gols nesse time.