Adsense

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Três vezes Bravo! Chile bate Portugal de CR7 nos pênaltis



Esperava-se muito de uma partida que contava com o Alexis Sánchez pelo lado chileno e Cristiano Ronaldo pelo lado português. A partida foi abaixo do esperado. Ambas as equipes jogaram de forma prudente e deram pouco trabalho aos goleiros. Nem Cristiano Ronaldo nem Sánchez pareciam estar em seus melhores dias e o jogo terminou mesmo 0x0. O Chile foi mais contundente durante a prorrogação e acabou colocando duas bolas na trave de Ruí Patrício, mas o placar não se alterou também na prorrogação. 

Vamos então aos pênaltis. O Chile vem de uma eliminação na Copa do Mundo de 2014 nos pênaltis para o Brasil e duas vitórias da mesma forma na Copa América de 2015 e na Copa América centenária 2016 ambas contra a Argentina. Portugal também teve que enfrentar penalidades na Eurocopa de 2016 antes da conquista do título. 

Foram necessárias apenas seis cobranças de pênaltis para a definição do finalista da Copa das Confederações da Rússia. O Chile converteu suas três cobranças enquanto Cláudio Bravo defendeu as três cobranças portuguesas de Quaresma, João Moutinho e Nani respectivamente. Cristiano Ronaldo que provavelmente seria o último a bater não teve a oportunidade de bater. 

Fez bem para o Chile a derrota na Copa do Mundo do Brasil pois a partir dali, a seleção conquistou seus dois primeiros títulos e está próximo de conquistar seu terceiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário